Menu

Dream High [K-Drama]


Dream High é um daqueles dramas que podem ser considerados clássicos no mundo doramático, com uma boa história e um repertório musical muito bom, merece ser indicado. Para quem gosta de tramas envolvendo um grupo de jovens superando as dificuldades através da música, deve ir correndo conferir este dorama.

Dream High



Sinopse: Jovens que estão correndo atrás do sonho de se tornarem estrelas mundias. Superando dificuldades e medos, todos, tentarão continuar trilhando o caminho para o sucesso.
Gênero: Romance, música, idol, drama
Nº de Episódios: 16
Ano: 2011
Onde encontrar: Yo Dramas (download) , Viki (online), Urameshi Downs (download)

O drama já inicia com um mistério, há uma situação onde um certo personagem que se tornou uma estrela mundial, está prestes a entrar no palco e se apresentar. Antes, a pessoa em questão relembra de seus momentos na Kirin Art School, em sua mesa está uma foto e um colar (considerado praticamente como um amuleto).


E sim pessoas, o mistério dura até o último episódio. Mas essa na verdade, é a grande graça de Dream High, ao mesmo tempo em que a curiosidade é atiçada para saber quem se tornou a estrela mundial, o telespectador acaba esquecendo o fato à medida que acompanha a vida dos seis protagonistas. E claro, o colar (que passou por vários pares de mãos, rs) faz com que realmente seja impossível saber antes do último episódio quem de fato se tornaria o superstar.


A história tem início mostrando a amizade entre a Go Hye Mi (Suzy - missA) e   Yoon Baek Hee (Ham Eun Jung do T-ara), na verdade, a Baek Hee era uma seguidora da Hye Mi, inocente e ingênua. Mas, ao irem participar de uma audição na Kirin Art, as garotas acabam se tornando inimigas. E com isso, essa recém inimizade se tornaria um dos temas principais abordados pela trama, acompanhar ambas as personagens foi realmente interessante. Ah, e claro, os outros quatro inseridos posteriormente só contribuíram ainda mais. O mais legal do drama, na minha opinião, foi justamente isso. A forma como os roteiristas utilizaram o sexteto foi inteligente e cativante. 


MAGIC - SUPER JUNIOR [MV]


A SM está realmente precisando arrecadar dinheiro para conseguir pagar os advogados que cuidam das ações judiciais contra o Luhan, Kris e Tao (ex integrantes do EXO), justamente por isso, não param de lançar mvs de seus grupos mais famosos. Além de SNSD que recentemente lançou  Lion Heart ( a qual nem liguei, achei mais ouvível a You Think) , eis que novamente temos na parada musical coreana: SuperJunior♥ , e eu como ELF, tinha obrigação de comentar o novo trabalho dos meninos, mais uma vez estou orgulhosa dos moços/beirando os 30/40/50/ que andam arrasando cada vez mais, após Devil (confira post aqui), MAGIC apareceu para marcar 2015 como o ano memorável de 10 anos do grupo.

MAGIC - SUPER JUNIOR



Se você ainda não teve o prazer de ver o musicvideo, confira abaixo:

Noites de Tormenta - Nicholas Sparks [Livro]


Aquele tipo de livro que te faz pensar em como será sua vida após os 40, Noites de Tormenta traz uma reflexão sobre como para o amor não existe idade e nem hora para florescer.

Noites de Tormenta - Nicholas Sparks



Aos 45 anos, Adrienne Willis repensa toda a sua vida quando o marido a abandona por uma mulher mais jovem. Com o coração partido e em busca de descanso ela segue para a pequena cidade de Rodanthe, na Carolina do Norte, para cuidar da pousada de uma amiga, Quando uma tempestade terrível se aproxima, Adrienne começa a achar que sua fuga perfeita está arruinada - isso até a chegada do novo hóspede, o Dr. Paul Flanner. Aos 54 anos, o médico chega a Rodanthe para repensar sua profissão e relação com a família. Agora, em meio à tempestade que os cerca, os dois seres feridos procurarão conforto um nos braços do outro - e esse único fim de semana despertará sentimentos que irão acompanhá-los pelo resto de suas vidas. O título desse livro foi mudado de O Sorriso das Estrelas para Noites de Tormenta depois do sucesso do filme, que agora compõe também a capa do livro.

Título Original: Nights in Rodanthe
Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 173
Ano: 2008
Editora: Novo Conceito

Como disse antes este livro nos faz refletir sobre como será nossas vidas aos 40/45/e por aí vai/ anos. Ao acompanhar nossos protagonistas, e conhecer a história de vida de ambos, é possível perceber que muitas vezes, as pessoas se contentam em apenas existir e não realmente viver.

Adrienne Willis é uma mulher que sofreu muito com sua separação aos 45 anos e após este acontecimento passou a se dedicar inteiramente aos três filhos, agora, ambos já construíram suas próprias famílias. Mas como a vida é totalmente incerta, sua filha Amanda acaba perdendo o marido e ao vê-la tão triste afundando em uma possível depressão, Adrienne toma uma decisão. Contará para Amanda algo que nunca imaginou sequer mencionar para um de seus filhos, uma história que nunca havia compartilhado antes, ela resolve falar tudo que ocorreu naquela inesquecível viagem para Rodanthe.

Viagem que se tornou memorável, pois ao ir fazer uma favor para sua amiga, na verdade, Adrienne faz um bem maior para si mesma. Lá, conhece Paul Flanner, um homem cujo passado também é repleto de superações, dores, e decisões que acarretaram na situação em que se encontra hoje. Ambos se tornam próximos e de uma maneira inexplicável começam a compreender um ao outro, a maneira como vão se tornando confortáveis em conversar sobre seus medos, frustrações e dificuldades é estranha para ambos, afinal, nunca tinham tido tamanha facilidade para se abrir com alguém.

Shingeki no Kyojin - Live Action [J-Movie]


Baseado no mangá e anime de mesmo nome (confira a resenha da animação aqui), Shingeki se tornou um dos títulos mais aclamados dos últimos anos, o sucesso foi tanto que decidiram fazer uma adaptação cinematográfica. E claro, eu como fã de carteirinha da fantástica história do Hajime Isayama, tinha o dever de ir conferir o filme de um dos meus animes preferidos.

Shingeki no Kyojin [Live Action]



Bom, como todos já conhecemos o universo de Attack on Titan (caso você não conheça e deseja se situar, antes leia sobre o anime aqui), neste post vou apenas comentar sobre a adaptação em si. Quando soube que mais um dos meus mangás/animes/ preferidos/amados/ seria transformado em um filme já fiquei preocupada, principalmente por causa da triste/horrível/surpreendentemente ruim/ adaptação de Another (confira aqui), mesmo assim fui ver o trailer de Shingeki e até me animei. 
Confiram abaixo:

PAUSE: Agosto


Em parceria com minha amiga Jusley do blog Louca por Viver, hoje inicio mais uma nova categoria, o post será mensal e trará a playlist (referente ao mês anterior) com as canções mais ouvidas/amadas/aquelas que definitivamente não se consegue dar PAUSE. Vamos conferir as canções deste mês?


1) O primeiro lugar foi difícil de decidir, duas músicas simplesmente grudaram na minha cabeça e perdi as contas de quantas vezes as ouvi, porém como uma surgiu nas últimas semanas do mês, a outra garantiu esta posição. Meu mais novo vício musical: Daughtry, foi vencedor com a linda/perfeita/ canção: It's Not Over.


♫ Vamos recomeçar, eu tentarei fazer a coisa certa desta vez.
Não está acabado.
Porque uma parte de mim está morta e no chão.
Este amor está me matando, mas você é a única.
Não está acabado. ♫

2) Em segundo: LET'S NOT FALL IN LOVE. Meu grande surto k-pop do ano. Com uma letra tão sincera e incrivelmente linda, BigBang conseguiu me fazer ouvir esta canção mais de 20 vezes em um único dia, acreditem. Entrou para minha lista "músicas preferidas/amadas  "Para conferir todo o meu amor pelo MV + Música: Clique aqui.


♫ Não vamos nos apaixonar, ainda não nos conhecemos muito bem.
Na verdade, estou um pouco assustado, me desculpe.
Não vamos fazer promessas, você nunca sabe o que te espera amanhã.
Mas estou sendo sincero, quando digo que gosto de você. ♫

Two Weeks [K-Drama]


É um verdadeiro prazer resenhar este drama, com um roteiro fantástico, está na lista na minha lista "favoritos" , um dos que super recomendo. Se você ainda não deu uma chance para esta trama, sugiro que o adicione à sua listinha e o coloque logo nas primeiras posições, afinal, dorama bom/ótimo/incrível/ , merece ser visto. Lhes apresento:

Two Weeks



Sinopse: Jang Tae San costuma viver sua vida do jeito que bem entende, sem responsabilidades. Certo dia, descobre que é o único compatível com Soo Jin, uma garota que precisa urgentemente de um transplante de medula óssea. Mas, após ser acusado de assassinato é obrigado a fugir tanto da polícia quanto dos que o incriminaram. Agora, Tae San tem duas semanas para provar sua inocência e se manter sadio antes da cirurgia que poderá salvar a garota que descobriu ser sua filha.
Gênero: Crime, investigação, ação
Ano: 2013
Nº de Episódios: 16
Onde encontrar: Siwon Fansubs (para download - necessário cadastro) , Viki (online)

Como perceberam pela sinopse, originalidade não falta em Two Weeks. Tae San descobre que tem uma filha de 8 anos, a qual não sabia da existência até então, a garota precisa de um transplante de medula óssea para continuar vivendo, ele faz o teste de compatibilidade de o resultado é positivo, assim torna-se o possível doador para Soo Jin . O problema é que ele foi acusado de um assassinato que não cometeu e agora precisa provar sua inocência, ao mesmo tempo em que tem que fugir da polícia (sendo o detetive responsável pela investigação o Seung Woo que é noivo da In Hye - mãe de Soo Jin), e dos homens que pretendem matá-lo por achar que em suas mãos, há uma prova que incrimina o verdadeiro responsável pelo assassinato, enquanto isso, deve se manter sadio, sem nenhuma infecção pois é o único compatível com a menina, o único que pode salvá-la.

Assim, embarcamos junto com Tae San em uma batalha contra o tempo, com muitas reviravoltas e surpresas, o drama consegue ter um ótimo ritmo e prende o telespectador de uma maneira inexplicável. 
Confiram as razões pelas quais vocês deveriam dar uma chance para esta trama:

1) Roteiro totalmente original e surpreendente

Fui totalmente cativada por este drama simplesmente pelo fato de ser uma história tão incrível e original. As surpresas que vão surgindo, só contribuem para o excelente ritmo da trama, quando menos se espera, algo surge e nos traz uma reviravolta fascinante.

O melhor do enredo é o fato de ser imprevisível, não tem como acertar alguma hipótese, a roteirista So Hyeon Kyeong fez um ótimo trabalho assim como em 49 Days (outro drama muito bom), coloco Two Weeks na lista de melhores roteiros doramáticos já feitos. Não posso falar muito se não é capaz de eu soltar dezenas de spoilers (rs), aí perderia a graça, afinal, o melhor deste dorama é o quanto o telespectador é surpreendido a cada episódio.


2) Ótimo protagonista = Jang Tae San

Jang Tae San é sem dúvidas, um daqueles personagens principais que merecem menções infinitas em qualquer lista de "melhores protagonistas". O moço inicialmente, nos mostra seu lado irresponsável, vive em boates, com um único emprego fixo em uma loja de penhores. Após um encontro inesperado com a In Hye, descobre sobre sua filha e marca o dia da cirurgia em que fará a retirada de sua medula. Sua ex guarda mágoas dele e conta que disse à garota que seu pai estava morto, afinal, seu noivo Seung Woo a trata como se fosse mesmo sua filha, então segundo In Hye, sua menina não precisa saber a verdade, não neste momento. Tae San por ironia do destino acaba encontrando a garota e passa a olhá-la a partir de outra perspectiva.


Com a cirurgia marcada, ele recebe uma ligação que mudaria sua vida. Após ir a um determinado local, acaba sendo atingido por trás e ao acordar está ao lado do corpo de Oh Mi Sook, a polícia aparece e o prende. Depois de um longo interrogatório e um determinado acontecimento na cela da delegacia, o moço é levado para o carro responsável por transferi-lo para o Ministério Público, no caminho, um acidente ocorre e Tae San vê a oportunidade de fugir. Assim, começa a verdadeira aventura do nosso querido protagonista. 
Topo