Menu

Angry Mom [K-Drama]


Sempre tem aquele drama que fica grudado na nossa lista, praticamente empoeirado de tanto tempo que fica ocupando a mesma posição, e este foi um desses. E sinceramente, se este título não tivesse vencido uma das votações aqui do blog, nem sei quando eu finalmente iria reservar um tempinho para assisti-lo...

Angry Mom



Sinopse: Quando Jo Kang Ja cursou o ensino médio, ela era famosa por lutar. Ela deu à luz a sua filha Ah Ran no final da adolescência e tornou-se mais responsável. Ah Ran é agora uma estudante do ensino médio, mas ela é intimidada na escola. Jo Kang Ja decide voltar para a escola para proteger sua filha e assim torna-se uma estudante do ensino médio novamente.
Gênero: Drama, família, colegial, comédia
Ano: 2015
Nº de Episódios: 16
Onde Encontrar: Doramas Obsession (download), Viki (online)

Para expressar melhor tudo que me fez curtir este drama, optei por dividir a resenha em tópicos:

- Roteiro

O roteiro de Angry Mom é uma das coisas que mais me chamaram a atenção justamente por ser inovador e meio que estranho. Antes de começar a assistir a trama, eu realmente não conseguia imaginar como seria isso de uma mãe se fingir de colegial - mas como na Coreia, o povo de 30 anos parecem ter 25, deve ser até comum por lá /kkk - e estudar na mesma classe que sua filha. Entretanto, os roteiristas souberam conduzir muito bem este fato na trama, o qual não ficou forçado e tornou-se bastante real em todos os acontecimentos no geral. Kang Ja é uma verdadeira mãe que faz de tudo por sua filha e ao encontrar marcas de que sua filha está sendo intimidada na escola, decide tomar medidas drásticas. A trama em si aborda diversas questões importantes, como o bullying sofrido nas escolas - alguns acontecimentos chegavam a até serem pesados - e a forma como, ás vezes, os professores ignoram isso apenas para um "bem maior". Retrata também como o dinheiro pode prevalecer em situações que os mais fracos deveriam ser protegidos, daí temos um fiel retrato de corrupção. E claro, temos também mensagens sobre amizade e sobretudo, o amor de uma mãe por um filho. Os roteiristas souberam tornar a trama mais interessante a cada episódio, fazendo com que não se tornasse chato acompanhar o drama, pelo contrário, ficava tudo cada vez melhor e a maneira como as confusões vão se desenrolando só provou mais uma vez a qualidade do roteiro.

- Personagens memoráveis

Jo Kang Ja/Jo Bang Wool (Kim Hee Sun)

E a mãe protagonista está aqui. Jo Kang Ja tornou-se mãe cedo, mas isto não a impossibilitou de fazer todo o possível para ser uma ótima mãe. Desde o primeiro episódio, é perceptível o quanto preocupa-se e zela sua filha. Mas o que fazer quando toda a sua proteção vai por água abaixo devido ao mau monitoramento dos professores na escola? Ao perceber que sua filha está sendo intimidada na escola, muitas vezes até apanhando, decide buscar ajuda. Porém, não importa onde procure ajuda, ninguém parece a ouvir. Assim, só resta uma opção: frequentar a escola como uma aluna. E mesmo esta sendo uma medida realmente inesperada e drástica, a moça não pode esperar até que sua filha morra para que alguém decida finalmente tomar uma decisão. 
A mãe estudante começa a frequentar a escola como a estudante Jo Bang Wool e percebe que há muita coisa errada na mesma, e não só com a coordenação, diretoria e professores, há também alunos que definitivamente precisam de ajuda. Logo, Jo Kang Ja se vê envolvida em algo muito maior, o qual realmente precisará de ajuda para lidar e em meio a tudo isso, há também pessoas de seu passado as quais ela reencontra, tendo que lidar também com as mágoas deixadas daquela época. Kang Ja retratou fielmente tudo que uma mãe pode fazer para poder proteger seu filho, e quão infinitamente lindo, grandioso e verdadeiro é o amor de uma mãe. Palmas para a Kim Hee Sun que soube magnificamente ser uma mãe nas telinhas!

Oh Ah Ran (Kim Yoo Jung)

A filha da Jo Kang Ja é a Oh Ah Ran, uma garota não tão carismática a primeira vista mas que depois, acabou me cativando em muitos momentos. Ah Ran começa a sofrer bullying no colégio por ser amiga próxima da In Kyeong, as duas não são desgrudam e é justamente por isto que a Ah Ran passa a também ser incomodada. Porém, a verdade por trás do motivo da In Kyeong ser tão incomodada é muito maior, o que coloca ambas em perigo e prejudica até o relacionamento da Ah Ran com a mãe. Enquanto a Kang Ja tenta obter respostas da filha sobre o que está acontecendo e o motivo que a faz ser tão intimidada na escola, a menina se fecha mais e após um evento inesperado, ela é obrigada a se calar totalmente. Ah Ran foi uma personagem que demonstrou certa evolução ao decorrer dos episódios. No início, eu a achava muito mal humorada e até chata, porém aos poucos fui entendendo a personagem e gostando dela.

Jin In Kyeong (Yoon Ye Joo)

A In Kyeong foi uma garota a qual gostei desde o início. Seu jeito fofo era realmente cativante e mesmo nas vezes em que ela demonstrava um medo até que meio irritante, conseguia ainda não ser insuportável. A personagem retratou como estudantes ingênuas podem realmente ser enganadas por pessoas mais velhas e acabar pagando um preço por isso. Foi uma personagem bem aproveitada na trama e que no geral, soube ser bem corajosa quando precisou.


Oh Jin Sang (Im Hyung Joon) & sua mãe (Kim Ji Young)

E o que dizer destes dois? A família da Kang Ja foi outra coisa bem legal da trama. E mesmo eu ficando irritada, ás vezes, com algumas atitudes deles não posso deixar de reconhecer que tornaram o clima menos tenso e pesado. Sendo até, engraçados em muitos momentos. Jin Sang é o marido da Kang Ja, o qual tem um certo problema em ser menos responsável do que deveria, e apesar de eu não sentir que ele realmente gostava da esposa, no fim ele acabou provando que era um personagem digno. Enquanto isso, sua mãe - sogra da Kang Ja - continuou sendo a mesma vovó do início ao fim, e entre ações que pouco adicionavam ao bem-estar da neta, ainda conseguiu conquistar meu mínimo afeto. Afinal, uma vovó meio boba é até divertido né, não?!

Professor Park Noh Ah (Ji Hyun Woo)

E como sempre, todo drama escolar tem que ter aquele professor querido, o qual faz de tudo por seus alunos e os trata como seus verdadeiros filhos e o de Angry Mom, é o querido Park Noh Ah. O Noh Ah foi um dos personagens que mais me surpreenderam durante o drama, principalmente por seu visível amadurecimento. De um professor bobo e atrapalhado, o rapaz tornou-se um professor determinado e corajoso, - mas ainda bobo, claro /rs - o qual enfrentou com garra ao lado de seus alunos e também da Kang Ja, todas as batalhas que surgiram. P.S.: Gostei muito da forma como retrataram a relação entre o Noh Ah e o pai Jin Ho (Jun Gook Hwan), uma relação que também amadureceu ao decorrer dos episódios.

Hang Gong Joo (Go Su Hee)


E uma das personagens mais divertidas está aqui: a melhor amiga da Kang Ja nos tempos de escola. Quando a Kang Ja começa a elaborar a ideia de ir estudar na escola da filha, recorre à sua amiga para que a ajude, a qual apesar de achar tudo uma loucura acaba cedendo e colaborando. A Gong Joo encarna uma verdadeira mãe para a Kang Ja, na verdade Bong Wool, e sério pessoas, impossível não rir com essa mulher fingindo ser uma mãe. Gong Joo foi uma fiel amiga até o fim, e exatamente por isto eu gostei tanto da personagem - é claro que o jeito engraçado dela também contribuiu. Além dela, seus fiéis parceiros e empregados me arrancaram gargalhadas. P.S.²: O que eram as perucas que eles usavam? E os vestidos da Gong Joo? Eu gargalhava demais!

Ahn Dong Chil (Kim Hee Won)

E um dos antagonistas da trama que obviamente merece ser mencionado é o Ahn Dong Chil. O rapaz trabalhou basicamente como gângster na juventude e mesmo depois de anos, não mudou como pessoa. Ele é o manda-obedece da trama, aquele que faz tudo que o malvad(ão) manda sem nem pensar duas vezes e claro, conseguiu me causar umas raivas básicas ao decorrer dos episódios. O Dong Chil é uma das pessoas que tem uma ligação com a Kang Ja devido a um fato do passado, história a qual realmente deixou marcas em ambos. Para saberem, só assistindo! Haha'

Joo Ae Yeon (Oh Yoon Ah)

A Ae Yeon foi outra criatura que eu detestei e de todos os personagens, esta foi realmente a que mais conseguiu me dar nos nervos, principalmente por sua mania de ser duas caras. Ae Yeon era também amiga de escola da Kang Ja e Gong Joo, porém cometeu uma traição para com as moças e se aliou ao Dong Chil. Atualmente, ela trabalha como secretária para o presidente Hong Sang Bok e sofre constantemente abusos físicos dele. Eu até sentia pena dela, ás vezes, mas daí a criatura decidia ir atrás do Do Jeong Woo e eu perdia o respeito por ela. Do início ao fim, ela foi duas caras. Detesto esse tipo de personagem!

Hong Sang Bok (Park Young Kyu)

E o presidente Hong foi outro que eu detestei o drama inteiro. Sua mania de enxergar apenas o dinheiro e por muitas vezes, sua falta de atenção para com o filho Hong Tae San era realmente desprezível. Do início ao fim, este ser foi um péssimo pai, político corrupto e um homem sem quaisquer princípios, só enxergava o dinheiro.

Do Jeong Woo (Kim Tae Hoon)

E eis que temos aqui, o pior antagonista. O professor Do Jeong Woo é um homem sem escrúpulos capaz de qualquer coisa, qualquer coisa mesmo para se dar bem. Apesar dele ter feito tantas coisas ruins, eu não consegui o odiar tanto quanto deveria, tudo culpa do ator, o qual gosto muito desde que o vi em outro drama. Mas podemos dizer que tudo o que Do Jeong Woo fez aqui, ele pagou com juros na pele do Min Tae In em Hidden Identity. Em parte, podemos dizer que o Do Jeong Woo tornou-se assim por falta do amor que tanto ansiava do seu pai. Para compreenderem melhor, só conferindo o drama!

Hong Sang Tae (Baro - B1A4)


E eu não poderia deixar de falar do Hong Sang Tae, um personagem que inicialmente não me conquistou muito mas ao decorrer dos episódios, acabou ganhando meu coração. O Sang Tae parece ser apenas um filhinho de papai, entretanto, aos poucos pode-se enxergar a realidade em que o garoto vive. Ele lidou todo o tempo com um pai grosso/rude e sua imensa saudade da mãe. Em meio a tudo isso, ele realmente parece nutrir sentimentos verdadeiros pela Oh Ah Ran, mas a garota faz pouco caso dele. Este foi um dos personagens que eu mais gostei, justamente por poder acompanhar sua evolução como pessoa e claro, por ser interpretado pelo Baro. Eu realmente AMO ver o Baro atuando e mais uma vez, ele atuou super bem.

Go Bok Dong (Ji Soo)


Bok Dong é um dos estudantes da classe da Ah Ran, o qual parece ser mais um badboy aspirante à gângster. O rapaz mora e é meio que criado pelo Dong Chil. Entretanto, a relação dos dois é muito mais profunda e percebe-se que o moço realmente tem um respeito pelo sunbae dele que o abrigou e acolheu quando precisou. 

Porém, o Bok Dong tem um bom coração e se vê em uma situação difícil quando é obrigado a fazer algo que não concorda. Eu realmente amei este personagem, aquele típico garoto forte que tenta se manter como mau mas que por dentro, é generoso e bom. O fato do Ji Soo ter interpretado o personagem só tornou tudo melhor, afinal estou apaixonada por este ator desde Cheer Up! e vê-lo mais uma vez em um drama, me deixou soltando sorrisinhos. Confiram e apaixonem-se também pelo Ji Soo! <3

Wang Jeong Hee (Lizzy- After School)

E temos também a Jeong Hee, uma garota meio fútil que de início, não me cativou muito porém ao decorrer dos episódios, demonstrou que era apenas uma garota boba e despreocupada com a vida. Não tem tanto destaque na trama, mas de certo modo, conseguiu não se tornar uma personagem totalmente esquecível.

Ainda falta uma dezena de personagens, mas se eu comentar todos este post ficará maior do que está, então os demais vocês conferem no drama, okay?!

- Romance

O foco de Angry Mom não é o romance, mas quem disse que isso impediu a blogueira aqui de shippar

Dentre os casais possíveis, eu realmente shippei o professor Noh Ah com a Kang Ja principalmente pela maneira como eles eram tão legais e determinados juntos. Os dois atores tiveram uma boa química então foi mais difícil ainda não torcer por eles.



Além deles, o Sang Tae e Ah Ran conseguiram meu carinho. Os dois nos poucos momentos em que estiveram juntos, realmente demonstraram uma boa química, e eu claro, fiquei torcendo para que os dois se firmassem logo como casal. 
Foi muito interessante a maneira como os dois foram se aproximando e se tornando próximos, um casal que conquistou aos poucos. 
Os achava muito bonitinhos juntos! <3


E eu não poderia deixar de mencionar o possível casal que não me fez shippar mas que conseguiu de certa maneira, me arrancar uns owns. O Bok Dong vai se aproximando da Bang Wool, e claro passa a se interessar pela moça, preocupando-se com a mesma e ajudando-a diversas vezes. Era realmente fofo a maneira como o garoto gostava da ahjumma
E sendo o Ji Soo o garoto em questão, impossível não se cativar né mesmo?!

- Trilha Sonora

Não temos um conjunto de canções que realmente me marcaram, porém, uma em especial merece ser citada pois realmente tornou-se sinônimo dos momentos mais difíceis da trama. Além de que, a música é linda. Ouçam!

Crying, crying, crying - Ali



- Conclusão

Angry Mom é um ótimo drama, o qual retrata magnificamente o quanto o amor de uma mãe é forte e puro, demonstrando tudo que uma mãe pode ser capaz de fazer para manter seu filho em segurança. Retrata também como a corrupção pode existir em áreas a qual não deveria existir, como exemplo, uma escola que tem como objetivo ensinar para seus alunos que o certo é sempre o que se deve seguir. Com um elenco excelente, uma trama bem elaborada e uma canção tema marcante, é o tipo de drama que eu sempre recomendarei para quem curte o gênero colegial mas sem aquele mel e açúcar costumeiros. Espero que deem uma chance a este incrível drama. Até a próxima! :*

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo