Menu

38 Task Force (Squad 38) [K-Drama]


Dentre os inúmeros roteiros totalmente originais do ano, este título, sem dúvidas, é um deles. É aquele tipo de drama que tu inicia sem esperar muito e quando percebe já está elogiando, inúmeras vezes, o roteirista. Afinal, um enredo onde um grupo de vigaristas se une para aplicar golpes nos ricos que devem milhões de impostos, não pode e nem deve ser ignorado!

38 Task Force



Sinopse: Uma força-tarefa especial vai juntar policiais e criminosos a fim de capturar os bandidos, mas desta vez os mocinhos e vilões serão impostores que usam seus conhecimentos em trapaças e artifícios, a fim de ajudar a capturar os sonegadores fiscais.
Gênero: Crime, Investigação
Nº de Episódios: 16
Ano: 2016
Onde Encontrar: Urameshi Downs (download/online), Subarashiis Fansub (download/online)

- Enredo

Confesso que decidi conferir o drama por causa da participação do Seo In Guk no elenco - ator que amo ver atuando - e como resultado, acabei curtindo demais, não só a atuação do ~oppa como também, o roteiro. Squad 38 conta a história de um funcionário público chamado Baek Sung Il, o qual trabalha recolhendo impostos públicos. O problema é que os ricos e poderosos fazem pouco caso dele e de sua equipe, recusando-se descaradamente a pagar os milhões que devem ao governo, e se os pobres são obrigados a pagar, por que os ricos deveriam ser desobrigados? Com essa luta para tentar recolher os impostos, Sung Il acaba encontrando Ma Jin Seok, um rico que deve uma quantia absurdamente grande aos cofres públicos. Jin Seok recusa-se a pagar o que deve e passa a incomodar o pobre funcionário público, chegando a humilhá-lo em frente à sua filha. Então, Sung Il, após algumas situações inesperadas, decide pedir ajuda ao vigarista que havia lhe enganado - roubando seu dinheiro, o qual investiria em um carro - e ambos fazem um trato. O vigarista, Yang Jung Do, ao lado de seu agora parceiro, Sung Gil, reúne uma equipe com o objetivo de enganar Ma Jin Seok e fazê-lo pagar o imposto. Este seria apenas o início de várias ações para enganar devedores de impostos e fazê-los pagar aos cofres públicos. Entretanto, além disso, 38 Task Force monta um trama inteira, usando e abusando de seus personagens, provando que tudo estava ligado à uma história maior, ganchos deixados ao decorrer dos episódios acabaram se unindo no final. É um enredo original, interessante e com um bom ritmo, além de conseguir prender a atenção de quem o assiste. Curti demais a ideia do grupo de vigaristas enganado os ricos para que eles pagassem o que deviam ao governo, uma trama que te faz ficar longe dos clichês doramáticos, o que é excelente, de vez em quando, né?! 



- Personagens

Equipe de Vigaristas:

Yang Jung Do (Seo In Guk)

E o melhor personagem de todo o dorama, com certeza, é este aqui. Jung Do é o vigarista principal, chefe de toda a gangue e claro, o cérebro da operação. Inicialmente, pensei que o personagem seria apenas um cara sem escrúpulos, que só pensava em dinheiro, porém, ao decorrer dos episódios, passei a entendê-lo. Compreendi os motivos que o fizeram ser como era, seus objetivos e o porquê da maioria de suas ações. Jung Do já aparece mostrando quão habilidoso na arte de enganar as pessoas ele é, sua maneira de agir, se comportar e manipular os outros para alcançar seus objetivos era um dom. Sério gente, eu ficava pasma com a cara de pau dessa criatura. Amei demais ver o Seo In Guk lindo agindo como vigarista, foi apaixonante demais. 
E ao contrário do que eu esperava, os roteiristas souberam utilizar o nosso protagonista de todas as maneiras possíveis - amava seus disfarces - o que acabou dando ao In Guk a oportunidade de provar sua versatilidade como ator. Independente do que tinha de fazer ou de como tinha que agir, Jung Do se superou a cada episódio... Céus! Eu realmente me apaixonei por um vigarista! Isso é normal?! Garanto que vocês também cairão de amor pelo moço! Gostei bastante da maneira como o personagem foi utilizado no enredo, e de como o Jung Do foi se "mostrando" ao decorrer da trama, o que possibilitou conhecê-lo verdadeiramente. E este foi um dos motivos que me fizeram amar tanto este ser. Doramas te fazem amar vigaristas, olha só! Seo In Guk mais uma vez atuou brilhantemente, amo demais esta criatura atuando. Recomendo também os outros doramas em que ele foi prota: I Remember You e King of High School.
Quero um desse pra mim! Onde compra?

Nah Bang Shil (Song Ok Sook) & sua assistente Choi Ji Yeon (Yoo Ri Ah)


E a Srª Nah era uma verdadeira mulher poderosa. O mais legal era que a atriz agia de maneira tão intimidante, que se fosse na vida real, até eu sentiria que deveria tratá-la com respeito. Ela é convocada pelo Jung Do para ser a responsável pelo "investimento" nos golpes, afinal, para enganar os ricos, você precisa ter algo para oferecer. Muito money! O envolvimento dela foi tão grande que a Srª começou a criar apego pela equipe, ajudando-os mais de uma vez. Sua fiel secretária era a Ji Yeon, a qual sempre, sempre meeesmo, estava ao lado dela. Obedecia às ordens da chefe sem nem questionar, e era perceptível sua dedicação e respeito pela Srtª Nah. Foi uma dupla que teve uma função determinada na trama, sempre contribuindo para que os golpes do Jung Do dessem certo. Uma dupla que me cativou muito!

Jeong Ja Wang (Go Gyu Pil) & Jang Hak Joo (Heo Jae Ho)

O Ja Wang é um hacker que só se preocupa em ficar na frente do computador e comer até matar sua insaciável fome. Até que um dia, o Jung Do aparece e lhe oferece um "emprego", no qual poderá obter mais dinheiro do que sonhava em ter em toda a sua vida. Então, Ja Wang junta-se ao esquadrão suicida 38 para ser o responsável pelas falsificações virtuais e impressas do grupo. Hak Joo, por outro lado, era um apoio mais "físico", o qual conseguia de maneira hilária fingir ser atropelado por quem quer que fosse. Muitas vezes, contribui se disfarçando ou fingindo ser atropelado para "ganhar tempo", era um "quebra-galhos" importante, o qual soube cumprir bem suas funções. 

Jo Mi Joo (Lee Seon Bin)

Por último, mas não menos importante, Mi Joo. A moça aparece desde o início, ao lado do Jung Do, sempre fazendo tudo que ele quer, um verdadeiro apoio em todos os sentidos. Em muitas ocasiões, também precisou utilizar disfarces e assim mostrou suas habilidades como vigarista feminina. É claro que seus sentimentos para com o Jung Do aparentavam e eram um pouco mais do que apenas "parceiros de crime", como o foco do dorama não era romance, não tivemos grande avanço do possível casal, e também, Jung Do estava com o coração capturado por outra - explicarei mais abaixo - e só via a Mi Joo, como uma ~dongsaeng, uma amiga e parceira de equipe. O que mais gostei na personagem foi sua lealdade, qualidade realmente admirável.

Mocinhos da Trama:

Baek Sung Il (Ma Dong Seok)

O funcionário público que foi atrás do Jung Do para pedir ajuda é este aqui. Sung Il é um homem de família que trabalha honestamente, entretanto, após ser humilhado na frente da sua filha pelo Ma Jin Seok, do qual já havia tentando coletar impostos pendentes, decide procurar outros meios para fazer o que é certo. Como única solução à vista, Sung Il pede a ajuda do Jung Do e junto com ele, inicia um plano para enganar o Sr. Ma e arrecadar todos os impostos que ele deve. O nosso outro protagonista precisa também participar do golpe e assim, começa a aprender a como ser um vigarista. Agora imagine um homem honesto aprendendo a enganar pessoas... E com isso, ganhamos cenas divertidas!
Mesmo o moço recorrendo à uma atitude extrema, entendi o porquê do Sung Il querer tanto fazer o Ma Jin Seok pagar seus impostos, seu modo de pensar era totalmente aceitável. Por que só os pobres deveriam ser sempre cobrados, sendo que não tinham dinheiro suficiente nem pra si mesmos? Que sociedade é essa que esquece os ricos e cobra dos pobres? É esta lógica que o Baek Sung Il segue, e claro, acabou me conquistando. Sua honestidade e preocupação em fazer o certo eram admiráveis. O melhor de tudo foi perceber a evolução do personagem ao decorrer da trama, de início, por vezes, acabava sendo meio bobo e se deixando ser humilhado, aos poucos, aprende a se defender e buscar com garra seus objetivos. Gostei muito da atuação do Dong Seok, principalmente, pela naturalidade em frente às câmeras.

Chun Sung Hee (Sooyoung - SNSD)

Não curto o SNSD, tampouco sou fã das integrantes. Nem sabia que a moça era do grupo, então fui conferir o cast do drama e descobri. A personagem da Sooyoung conseguiu ser cativante, não por ter um carisma impossível de ignorar na telinha, mas sim, por ser uma mulher bem resolvida, a qual sabe tomar atitudes quando necessário. Não foi uma personagem que teve grande destaque, entretanto, quando aparecia sabia marcar presença em cena, principalmente, com suas sábias palavras.
Seu relacionamento com seu pai foi pouco abordado, o que entendi, afinal, se focassem muito nisso iria começar um dramalhão desnecessário, logo, curti a maneira como souberam conduzir e usar isto no enredo. Seus sentimentos pelo Jung Do, foram também bem utilizados, e mesmo o foco do drama não sendo o romance, era possível perceber que a Sung Hee possuía sentimentos verdadeiros por ele. Mas como todas as ações da moça, ela soube resolver o que sentia, como eu disse, a personagem era bem resolvida, do tipo que não fica com mimimi na trama.

"Vilões"

Os nossos vilões, neste caso, são os ricos que não querem pagar seus impostos, como o Ma Jin Seok (Oh Dae Hwan): o qual me deixou com uma raivinha básica em alguns momentos, entretanto, não o odiei tanto, afinal, o problema do cara era sua ambição por dinheiro, e já vi muitos outros piores que ele. Na verdade, toda a raiva que eu poderia sentir pelo Dae Hwan este ano, já senti quando ele interpretou o Na Suk Chul em Please, Come Back Mister, em 38 Task Force, eu apenas o ignorei para assim evitar a fadiga.

E temos também, os irritantes Ahn Tae Wook (Jo Woo Jin), Choi Chul Woo (Lee Ho Jae) e Bang Pil Gyo (Kim Hong Fa), os quais eram irritantemente chatos. Desgostei tanto destes dois que nem tenho vontade de escrever sobre eles, perdoem a blogueira aqui, maaas, realmente tô sem ânimo de escrever sobre estas criaturas insuportavelmente chatas.
CHA-TO!

Os únicos que merecem algumas linhas são:

Sa Jae Sung (Jung In Gi)

Ôh homemzinho irritante! Sa Jae Sung é um detetive que vive no pé do Jung Do, tentando encontrar qualquer maneira possível para mandá-lo de volta pra cadeia., consequentemente, ganhou meu ódio. Querer prender meu ~oppa lindo não dá pra suportar, né?! O pior de tudo é que o Jae Sung se acha no direito de falar dos crimes do Jung Do, sendo que ele mesmo não é flor que se cheire, é um corrupto ambicioso. Alguém dê um espelho pra ele! Detestei esse cara o tempo inteiro.

Chun Gab Soo (Ahn Nae Sang)

Outro que pouco me agradou foi o candidato à prefeito e chefe do Sung Il, Gab Soo. Inicialmente, ele se demonstrava um bom cidadão - apesar de eu não ter ido com a cara dele desde o primeiro momento em que apareceu - entretanto, aos poucos vamos descobrindo quem realmente ele é. Um pai ausente para com sua filha, Sung Hee, e um homem sem princípios, mesmo na reta final, tomando uma decisão correta, ainda assim, continuei o achando um bocó. Foi o tipo de personagem que passou longe de me cativar e nem conseguiu meu ódio, porque até pra odiar um personagem você precisa de um certo esforço, e eu não estava com vontade de me esforçar neste caso.

- Final

O último episódio só provou o quão bem elaborado foi o drama. Foi mais uma hora com cenas totalmente encaixáveis no roteiro, fazendo a proposta inicial do enredo se cumprir. Gostei bastante de como conduziram os momentos finais, e claro, da maneira como resolveram os golpes, crimes e fins para os personagens. Fiquei até um pouco tensa, pensando que as coisas poderiam dar errado para a equipe de vigaristas - eu torci pelos vigaristas o dorama inteiro, acreditam?! - mas, Squad 38 não decepcionou. Considero um final satisfatório e como o dorama fez um sucesso não esperado, os boatos de uma possível segunda temporada estão passeando pela internet... Eu amaria uma sequência e vocês?! Ah! Aceito explicações sobre a última cena do último episódio, montei minhas teorias mas quero outras opiniões, pooor favor, entrem em contato!

- Considerações Finais

Romance, não era o foco...

Como mencionei acima, o romance não era o foco de Squad 38, entretanto, a maneira como abordaram isso levemente no enredo acabou me cativando. Temos doses leves de amor no ar, o que deu um tom mais real à trama, principalmente para demonstrar que o Jung Do tinha um coração mole... ~oppa fofo! <3 É claro que se abordassem muito esta questão, teríamos um triângulo amoroso formado pelo Jung Do, Mi Joo e Sung Hee e isso faria o dorama perder a originalidade em não ser clichê, logo, isso se tornou um diferencial interessante.

Por um lado, a química bem normal entre a Sooyoung e o Seo In Guk poderiam atrapalhar o desenrolar da trama, caso ambos tivessem um destaque no quesito "casal", então foi melhor tudo ter ficado do modo que estava. Mas, quem sabe, se uma possível continuação ocorrer... seria interessante conferir uma interação maior entre o casal, desde que ambos aumentassem a química. Enfim, gostei de como a relação entre os personagens foi retratada, a qual foi inteiramente de acordo com a proposta inicial do enredo.

Amizade - Bromance - Jung Do e Sung Il


Quem deu um show de química foi esta dupla aqui. Amei a maneira como ambos os personagens foram se aproximando e se tornando amigos, começando a entender e ajudar um ao outro. Tanto o Jung Do quanto o Sung Il vão afetando um ao outro, de maneira que ambos começam a se transformar naturalmente, revendo vários de seus conceitos pré-estabelecidos e aprendendo várias lições. Mesmo quando a relação é ameaçada, temos uma surpresa e tanto o Jung Do quanto o Sung Il passam por cima do obstáculo. Foi uma relação que evoluiu ao decorrer do drama, de maneira gradativa, a parceria inicialmente formada por causa de um futuro golpe, tornou-se uma amizade para aplicar golpes, e  eu, particularmente, gostei bastante.
Melhor Cena: O fight atrapalhado desses dois! kkk'

- OST

Run - UP10TION - Aquela canção que sempre me fará lembrar do dorama!



COOL - Doyoung (NCT U) & Key (Shinee)



- Conclusão: 38 Task Force é um dorama com roteiro original, o qual consegue te levar pra longe dos clichês e te deliciar com os golpes de carismáticos vigaristas que visam fazer ricos poderosos pagarem seus impostos públicos. Se você procura um enredo diferente pra conferir, esta é uma ótima opção. Além de ganhar a atuação maravilhosa e a beleza do ~oppa Seo In Guk na sua telinha, quer mais o que?! Acho melhor começar a ver logo! Vamos torcer por uma segunda temporada porque esse dorama merece! Beijos e Até a próxima! :*

6 comentários

  1. Olá Luane,
    finalmente resolvi aparecer aqui kkkk
    Não vou comentar muito desse drama, pois como sempre você colocou com maestria em palavras nossos sentimentos ;) (deixo isso para a Lucíla rsrs), maaas eu não podia deixar de comentar a super aparição especial do Park Woong Cheol no finalzinho do último episódio!!! Sério! Eu nem vi mais nada, fiquei muito emocionada de ver um dos meus bad guys favoritos de novo *-* <3<3<3 Apesar da Lucíla ter me avisado, eu não estava preparada e acho que até pulei da cadeira quando ele apareceu kkkkk
    PS: Já deu uma conferida em Shopping King Louie? O "carinha da cicatriz no Come Back Mister" (finalmente!) tem um papel diferente kkkk Um que não tem como odiar ou tentar ignorar as maldades (por enquanto, pelo menos) :)
    ~Tereza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tereza, volte mais vezes, amo ler os seus comentários e claro, os da Lucíla. ^^ Ah, que bom! Fico muito feliz quando consigo expressar os sentimentos dos leitores na resenha! *-*
      "acho que até pulei da cadeira quando ele apareceu" KKKKKK Eita amor. Bad Guys está na minha lista doramática e será resenhado em breve, só tô esperando surgir um tempinho. haushau'
      Menina, iniciei Shopping King Louie ontem e já estou morrendo de amores pela trama, personagens, e principalmente o prota, Seo In Guk arrasa comigo. HAUHSUA' Acredita que quase não reconheci o carinha da cicatriz? KKKKK Fiquei meio assustada com ele e quando lembrei quem era, me assustei. Espero que finalmente ele seja alguém do lado bom da força. ahsuahuah'

      Excluir
    2. Acho que amamos tanto Bad Guys porque também foi nosso primeiro projeto do gênero! ^^ (mas não vou nem começar, senão vira texto :p deixo os comentários pra resenha kkkk)
      E eu terminei o Shopping King Louie essa semana! Amei demais <3<3<3 O Seo In Guk arrasou mesmo! Ele estava super fofo *-* O drama todo foi uma fofura só <3<3<3
      O carinha da cicatriz, finalmente!, não estava do lado mau da força kkkk Eu até achei que ele ia ser vilão no começo, mas depois vi que não. Ainda bem! kkkk Estava na hora de desencarnar dos vilões :D
      Bom, mas vou deixar mais comentários para a resenha dele ;)
      Beijos :*
      ~Tereza

      Excluir
    3. Estou louca pra conferir Bad Guys fiquei curiosa já que vocês sempre comentam dele, o inimigo dessa vontade é o tempo disponível ahusausa'
      Shopping King Louie será resenhado em breve, assim que eu finalizá-lo! Seo In Guk é muito maravilhoso! <3
      Ainda bem mesmo, o carinha da cicatriz estava nos perseguindo! kkk

      Excluir
  2. Olá Luane, quanto tempo, né?
    Bem resolvi comentar nesse drama, pois como você colocou no enunciado, eu também não dava muito para ele. Mas conforme eu ia traduzindo e acompanhando as trapaças que eles engenhavam comecei a me envolver tanto que às vezes me via xingando, torcendo, chorando (até isso rs), dando muitas gargalhadas sozinha (às vezes a Tereza até ficava brava comigo por causa das minhas várias demonstrações de emoções enquanto fazia a tradução rs)
    Ah, e como vc e Tereza falaram no Come Back Mister o carinha da cicatriz nos persegue (ou quem sabe seja o contrário nós o perseguimos kkk)
    Quanto ao final provavelmente a Tereza comentou algo sobre isso no comment dela. Então não vou me delongar nesse fim hehe

    Amava muito a interação entre o Baek Sung Il e Yang Jung Do <3 *-* No começo na maioria das vezes eu acabava acreditando que o Jung Do realmente iria trair o Sung Il, mas com o passar dos eps eu não caia mais nessa encenação dele rsrs

    Amei a OSTs desse drama :)

    Obrigada pela resenha ~^
    ~Lucíla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse dorama surpreendeu e conseguiu ser incrivelmente bom. Como não torcer e sentir diversas emoções com os vigaristas mais queridos do ano?! HUAHUSAH' Impossível!
      Esse carinha da cicatriz não sai da nossa lista doramática, parece até bias ou ator preferido, socorro... KKKK'
      Eu também amei a interação entre eles! <3
      Eu que agradeço pelo comentário! Volte sempre! ^^

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo