Menu

The Legend of the Blue Sea [K-Drama]


Sei que demorou, mas eis que estou aqui hoje finalmente para comentar sobre um dos doramas tão aguardados da reta final do ano passado. O drama que colocou Lee Min Ho e Gianna Jun sob "o mesmo teto" já estava sendo comentado por inúmeros dorameiros mundo afora, antes mesmo de sua estreia, e claro, eu não poderia deixar de comentar sobre o mesmo...


Sinopse: Como pode uma sereia da Era Joseon sobreviver na Seul de hoje? Shim Chung é uma sereia que é transportada para a modernidade. Ela é pega por Heo Joon Jae, um charmoso mas frio trapaceiro que é a cópia de Kim Dam Ryung, o filho de um nobre da Dinastia Joseon. Mas nos dias atuais, Joon Jae trabalha com Jo Nam Doo, um trapaceiro talentoso que ajuda Joon Jae a se tornar um gênio das trapaças. Mas a amiga de Joon Jae, Cha Shi Ah, que trabalha como pesquisadora em KAIST, pode ser a única esperança para Chung sobreviver a este novo e estranho mundo. Inspirado em uma lenda clássica de Joseon da primeira coleção de contos históricos não oficiais da Coreia, sobre um pescador que captura e solta uma sereia, esse drama conta a história de amor entre o filho de uma família nobre de Joseon e uma sereia. [Fonte: Kkulbeol Dramas]
Gênero: Drama, Fantasia, Comédia, Romance
Nº de Episódios: 20
Ano: 2016-2017
Onde Encontrar: Kkulbeol Dramas (online/download), Kingdom Fansubs (online/download), Viki (online)

- Enredo: Fantasia pura, sereia e humano, um amor que ultrapassou os séculos...

O enredo de The Legend of the Blue Sea conta a história do amor entre um humano e uma sereia, um amor que ultrapassa séculos e revive nos ancestrais do casal. Heo Joon Jae é um vigarista que em uma viagem à Espanha acaba conhecendo uma linda e estranha mulher. Este encontro que parecia ser apenas casual, mostra-se o início de um acontecimento predestinado, o qual mudaria a vida de ambos. Joon Jae percebe que sua nova conhecida tem consigo um bracelete antigo e que poderia muito bem ser uma relíquia de uma das antigas dinastias da Coreia do Sul, a era Joseon. Logo, o vigarista esperto tenta encontrar uma forma de tomar posse deste artefato, o que não será nada fácil sendo que a estranha moça parece ser totalmente desconfiada para com as pessoas ao redor. Após uma série de aventuras, Joon Jae acaba separando-se da moça esquisitona, dizendo que se alguma vez ela aparecesse em Seul, ele a "receberia de braços abertos". O que ele não esperava era que a moça, na verdade, era uma sereia que ama apenas um homem em toda a sua vida, e o escolhido dela foi ele. 
Então, a sereia decide partir em direção à Seul para encontrar seu amado humano, e após uma longa jornada, o encontra. Por motivos que até o próprio Joon Jae não conhece, decide abrigá-la em sua casa e começa a cuidar da moça, a mesma recebe até um nome de batismo e passa a chamar-se Shim Chung. A partir daí, o que esperava-se ser apenas um encontro casual e inesperado torna-se o início de algo destinado, pois ambos eram "os descendentes" da sereia Seo Hwa e o humano Kim Dam Ryung, e a história trágica que está para se repetir deve ser parada pelo Heo Joon Jae. Basicamente, a trama de Legend of the Blue Sea é essa, o que não me impede de dizer que o dorama conseguiu ser um dos "bons" da temporada, não me fez surtar horrores - isso ficou a cargo de Romantic Doctor, Teacher Kim - mas conseguiu me conquistar de certa maneira. Foi bom acompanhá-lo semanalmente e conferir seus desdobramentos simplórios, mas interessantes. O chato mesmo é que, na minha opinião, o desenrolar do enredo foi meio lento e em certo momento eu já estava loucamente ansiosa para o início de, falando popularmente, todas as tretas. O que importa é que mesmo com seus "altos e baixos", o dorama me cativou, em grande parte por causa dos protagonistas que, vamos falar sinceramente, eram dois divos que eu não poderia deixar de ver juntos.

- Personagens

Heo Joon Jae (Lee Min Ho): Melhor Vigarista!

Heo Joon Jae é um vigarista que com seus dois parceiros aplica golpes em pessoas ricas, e o melhor de tudo, é um vigarista tão esperto que escolhe as vítimas perfeitas, aquelas que não podem reclamar para a polícia que foram roubadas pois o dinheiro não era "limpo". O moço vivia com seu pai e mãe em uma casinha simples mas que o alegrava imensamente. Até que, seus pais se separam e sua mãe o abandona, deixando-o sob os cuidados do pai e de sua nova mãe, a madrasta. Em sua adolescência, Joon Jae decide sair de casa, renegar seu pai, assumir as rédeas de sua própria vida e procurar sua mãe com quem perdeu contato, e ao conhecer o Jo Nam Doo decide firmar uma parceria com ele para conseguir reencontrar sua mãe e se sustentar financeiramente. A partir daí, o moço torna-se um vigarista com inúmeras habilidades, até mágicas a criatura é capaz de fazer, acreditam?! E usa todos os seus dons, inteligência, ilusionismo, perspicácia e agilidade para enganar "seus clientes".
É claro que, em algumas ocasiões, o plano não daria tão certo e o moço teria que escapar de certas enrascadas ou até mesmo da polícia, afinal, viver do crime é viver com aquele receio de ser "pego no flagra". Porém, eu simplesmente AMEI este vigarista, sério minha gente! Lee Min Ho de vigarista foi a melhor coisa que inventaram nas últimas temporadas doramáticas e já estou morrendo de saudades do boy mentiroso.
Com a chegada da Shim em sua vida, ele é obrigado a mentir sobre quem é, esconder sua profissão, o que o leva a fazer certos questionamentos sobre si mesmo. E além disso, aos poucos, Joon Jae vai apaixonando-se pela moça estranha que acabara de conhecer, sem nem imaginar como ambos estão ligados. Aos poucos, Joon Jae vai recuperando fragmentos de seu ancestral a partir de flashbacks que surgem em seus sonhos e nas sessões de hipnose que decidiu fazer. Ele vê um homem, um guerreiro de uma antiga Dinastia coreana, o qual chama-se Kim Dam Ryung, e começa a descobrir como e porquê encontrou Shim Chung agora no presente, a qual é fisicamente idêntica ao antigo amor dele, a sereia Seo Hwa, e também percebe que precisa mudar o possível futuro trágico que lhes aguarda, a repetição de um destino.
Heo Joon Jae foi um protagonista incrivelmente conquistador, não só pela beleza do Lee Min Ho, a qual, temos que admitir, é impossível de se negar, mas também por sua personalidade tão madura e carismática. Desde o início, é perceptível quão carente de um lado materno o rapaz é, bem como de um paterno também, já que começou a encarar a vida sozinho desde cedo. Porém, ele não demonstrava-se amargurado com sua realidade, apenas seguia em frente e e mantinha um lado meigo por dentro, o qual começou a demonstrar quando começou a conviver com a Chung. Era um enciumado encubado, um doce "boy magia - magia literalmente né?!", além de ser puro charme quando lhe dava na telha. Sério, como não querer uma vigarista desse?!
~Aaahhh Lee Min Ho...~ <3

Shim Chung (Gianna Jun - Jun Jin Hyun): Sereia Diva Poderosa!

Não tinha melhor pessoa para interpretar uma sereia do que essa mulher né?! A moça é diva demais e foi simplesmente perfeita para o papel. Shim Chung conhece inesperadamente o humano Heo Joon Jae e logo cai de amores pelo boy. E como não cairia, é o Lee Min Ho né gente?! E loucamente apaixonada decide deixar seu lar, o oceano, para partir em busca de seu amado. Após uma longa viagem até Seul, ela simplesmente aparece na frente dele e não o larga mais, com um sentido de dever e outras razões que não consegue colocar em palavras, Joon Jae a abriga e passa a literalmente tomar conta dela.
Uma missão difícil já que a sereia não tem hábitos muito comuns, sendo inúmeras vezes totalmente anormal e estranha. Imaginem uma sereia inexperiente em um mundo humano, é claro que pra ela tudo seria novidade e para aprender a se comportar, ela literalmente teria que ser treinada né?! E é basicamente o que acontece. O Joon Jae vai ensinando a criatura a se comportar, o que é difícil pois a moça gosta de fazer o que bem lhe dá na telha. E isso proporciona cenas hilárias, pois ver Gianna Jun dando uma de louca é sempre garantia de diversão.
O lado positivo e mais marcante da moça é que justamente por não conhecer este mundo, e ser um ser que vive em "outro mundo", ela possui qualidades que são mais raras em humanos, como a inocência, ingenuidade e o hábito de dizer a verdade. Shim Chung era extremamente verdadeira em suas ações, em suas falas e gestos, não tinha medo de dizer o que sentia, o que pensava, muito menos de fazer o que queria.
Para ela, mentir era um crime terrível, e olha só que ironia, na nossa realidade é a coisa mais comum que existe né?! Justamente por este fatores gostei tanto da personagem, em um mundo onde dizer mentiras tornou-se fácil e costumeiro, ver alguém dizer sempre a verdade, mesmo que seja apenas uma personagem, é algo reconfortante. 
É claro que a moça não era perfeita em tudo, mas aos meus olhos foi uma personagem bem construída, uma protagonista extremamente carismática, divertida e amável. Gianna Jun foi PERFEITA no papel e a cada trabalho que confiro da moça, a admiro mais, espero que a mesma retorne ainda este ano com mais uma personagem tão incrível.
~Aquele cabelo que eu não tenho...~

Jo Nam Doo (Lee Hee Jon) - Parceiro de crimes!

O Nam Doo é um dos parceiros vigaristas do Heo Joon Jae, o qual o conheceu quando ele era mais jovem e, de certo modo, foi uma influência para o rapaz. O moço é aquele típico secundário divertido, que é amigo do protagonista e está ali para o que der e vier. Tem sua função na trama e até surpreende com suas ações na reta final do drama e todo o tempo foi um verdadeiro vigarista. Achava hilário como ele transbordava esse dom de ser vigarista, era uma verdadeira vocação gente! E justamente por isto, gostei tanto do personagem.

Tae Oh (Shin Won Ho - Cross Gene): Vigarista Nerd!


E meu segundo vigarista preferido é este aqui! Tae Oh completa o trio de vigaristas do dorama, sendo o mais novo dos três e o mais tímido também. É bem calado e na dele, e no início raramente abria a boca, o que me deixava chateada pois queria ouvir mais da voz do moço. 
Entretanto, amei como ele foi ganhando mais destaque, mesmo que pouco, e também, a maneira como foi consolando a chatinha da Shi Ah - falarei sobre ela abaixo! - o que me garantia boas risadas.
O jeitinho quieto e observador do moço me conquistou completamente, olhava pra ele e sentia vontade de colocá-lo num potinho! <3 Já quero Won Ho em outros doramas futuramente, e se possível como protagonista pra ele esbanjar essa fofura que eu sei que tem e ainda não foi completamente usada! *-*
~Quero pra mim!!!~

Cha Shi Ah (Shin Hye Sun): Megera?

Shi Ah era pra ser a megera que fica atrás do prota até o último instante mas acabou sendo uma chatinha suportável. A moça sempre foi apaixonada pelo He Joon Jae e por não ter coragem de confessar seus sentimentos, espera que ele mesmo tome alguma iniciativa e corra atrás dela. A típica mulher > "gosto dele mas vou esperar ele me notar como algo a mais e não apenas amiga" < sabem como é né?! Esperou tanto que a Chung chegou e chamou a atenção do boy, aí ela ficou chupando dedo.
É claro que a criatura aqui tenta marcar território, mas quem é Shi Ah na fila do pão quando se tem uma sereia competindo contra ela, não é mesmo?! Enfim, o que importa é que mesmo a Shi Ah sendo uma quase megera, conseguiu não ser odiável, cometeu uns erros nada legais, mas no fim, foi apenas uma mulher não correspondida que felizmente começou a enxergar suas outras oportunidades e soube aproveitá-las, afinal se um não quer, o jeito é ir atrás do outro que tá na fila né?! Haha'
~Chi Ah espertinha... Shippei muito!~

Kang Seo Hee (Hwang Shin Hye): MAIOR Falsiane!

Seo Hee é a atual esposa do Heo Il Joong (o pai do Heo Joon Jae), a qual aparenta ser uma mulher amorosa, doce e do lar. Entretanto, à medida que os episódios avançam vamos descobrindo quem esta criatura é de verdade, e sério gente, eu quis MATAR essa mulher! Não vou adentrar em detalhes pois seriam spoilers desnecessários, o que posso adiantar é que se existe alguém falsiane, fingida e dissimulada, este alguém é Kang Seo Hee. Apenas a odeiem!

Heo Il Joong (Choi Jung Woo): Que paiZão! SQN!

O pai do Heo Joon Jae é o presidente de um conglomerado, podre de rico e toda aquela coisa costumeira de doramas familiares. Quando o filho saiu de casa, simplesmente o deixou ir e jamais o procurou novamente, passando a voltar sua atenção para sua nova esposa e enteado, o Heo Chi Hyun. 
Eu poderia comentar inúmeras características do personagem bem como dizer tudo que odiei nele, mas acho uma perda de tempo, afinal até agora ainda estou chateada com ele.
Tentei ao máximo entender o lado do Il Joong, mas só consegui chegar a conclusão que ele poderia ter sido um pai 1000 vezes melhor do que foi, poderia ter sido o pai que o Joon Jae precisava e nisso, ele falhou. É claro que em certo momento da trama, senti pena dele e até fiquei comovida com tudo que lhe aconteceu, porém, acho que foi apenas uma consequência das suas escolhas erradas, e ele pagou por isso da pior forma.

Heo Chi Hyun (Lee Ji Hoon): Aquele meio irmão... bem MEIO mesmo...


Chi Hyun foi uma das minhas grandes surpresas do dorama, começou parecendo que seria apenas um bobão secundário, entretanto, mostrou que era bem mais que isso. O personagem enfrentou seus princípios em determinada situação, na qual precisou escolher entre o certo e errado, fez suas próprias escolhas, e acima de tudo, mesmo sabendo que o que escolhera não era o correto, fez o que achava que deveria fazer, e mesmo suas posteriores ações não sendo corretas, ele não deixou de ser marcante. Por quê?! Porque Chi Hyun protegeu o que ele amava até o fim, independente de qualquer coisa, ele estava lá para proteger quem amava e mesmo que digam que as ações dele foram desprezíveis, o que eu concordo, não posso deixar de mencionar quão fiel o rapaz foi. E essa lealdade acabou deixando sua presença registrada quando parei pra analisar os personagens da trama.
~Treta entre irmãos a gente gosta! Muahaha'~

Ma Dae Yeong (Sung Dong Il): O psicopata!

Ma Dae Yeong é um fugitivo, acusado de inúmeros crimes, o qual acaba envolvendo-se com o Heo Joon Jae e Shim Chung. E surpreendentemente, o moço também tem certa ligação com este casal, tanto no passado pois seu ancestral conviveu com a sereia Seo Hwa e o humano Kim Dam Ryung, quanto agora, no presente.
O vilão aqui fez muita besteira, o que é típico dos vilões mas demonstrou também ser, na verdade, um homem que sofria por causa de suas ações passadas, é como se seu ancestral o tivesse marcado, e ele só pudesse "reiniciar" a si mesmo em uma nova vida quando a ligação com o casal Seo Hwa e Dam Ryung se encerasse. Eu detestei esse carinha mas não mais do que a demônia da Kang Seo Hee.

*** 

Eu poderia comentar de muitos outros personagens que deixaram suas marquinhas ao longo do dorama, mas ainda tem muita coisa que quero comentar e a resenha já tá meio grande...
Então, pincelando os que faltam, gostaria de mencionar honrosamente as amigas da Shim Chung, a mendiga divertida (Hong Jin Kyung), a fofíssima menininha Shin Rin Ah (Yoo Na). A família da Shi Ah, principalmente Ahn Jin Joo (Moon So Ri), a qual conseguia ser divertida com sua mania de ser sempre uma madame, bem como sua fiel empregada Mo Yoo Ran (Na Young Hee) que terá um significativa importância no dorama. Prestem atenção nela! Os demais personagens vocês verão quando assistirem o dorama okay?!

- Romance: Sereia+Humano: Tudo (a)normal?!

O romance de The Legend of the Blue Sea é o foco do enredo e como não poderia deixar de ser, o casal protagonista deveria ser significativamente representativo. Confesso que não senti aqueeela química entre o Lee Min Ho e Gianna Jun, dava pra sentir que eles estavam dando o seu melhor, mas senti algo muito técnico no ar e já vi ambos os atores contracenando com muito mais química do que a apresentada aqui. Se bem que mais para a reta final, a química pareceu ter aumentado... Entretanto, não posso dizer que não curti o casal, pelo contrário, torci por ambos, afinal a história trágica que os envolvia e relacionava era muito forte, e isso fazia o telespectador torcer desesperadamente para que os dois conseguissem mudar o presente.

Heo Joon Jae acolheu a Shim Chung com toda a atenção e paciência, mesmo parecendo inicialmente querê-la por perto apenas por causa do bracelete sinônimo de dinheirão, ele, na verdade, no fundo sabia que a Chung era alguém que deveria manter por perto. O sentimento da Shim Chung, por outro lado, é notório desde o início da trama e só cresce com o passar do tempo, ela deixa claro o seu amor e faz de tudo para que ele perceba e seja conquistado, para que seja amada também.
Era divertido ver as loucuras da protagonista, a sereia descobrindo o mundo fora do oceano e um mero humano tentando ajustá-la na sociedade. E olha, não foi nada fácil para o Joon Jae conseguir colocar a moça nos eixos... 

A sereia era (a)normal meeesmo, e isso me matava de rir...
Joon Jae ciumento encubado era outro ponto lindo de se ver, e quando jogava seu charme pra cima da sereia, era de literalmente fazer dorameiras morrerem de inveja. Que vigarista hein?! Além de que, a nossa querida sereia também sabia ser ousada e jogava seus encantos pra cima do rapaz, esperta ela, né não?!

O fato é que o casal tinha uma história marcante, um destino trágico que estava predeterminado, o qual no passado afetou ambos e os deixou com marcas para toda uma vida, inclusive em uma outra futura. Marca essa que os acompanharia até que eles conseguissem mudar a tragédia que insistia em lhes acompanhar, e será que esse amor seria suficiente para mudar o presente?
Temos aqui aquele casal com um passado marcante e um presente que é construído aos poucos, a partir de pequenos gestos, sorrisos e momentos simples que acabam os aproximando. Os dois dividem a mesma casa e isso, logicamente, tornaria a convivência mais íntima e olha... Heo Joon Jae soube aproveitar... Haha' Enfim, shippem o casal super beleza, os divos da tv coreana porque o histórico dos personagens faz com que eles mereçam uma torcida forte para superar e conseguir um fim justo e feliz. Apenas shippem!

- Participações Especiais

Park Jin Young (Jr. - GOT7)

Uma das participações especiais que mais me conquistou foi esta aqui! O Jr. do GOT7 interpreta o Heo Joon Jae quando jovem em inúmeras cenas flashbacks durante o desenrolar da trama. E claro, eu não poderia deixar de mencionar esta criatura e dizer que AMEI MUITO a atuação dele, e claro, a beleza que esbanjou em cada cena. Eu já achava este ser uma coisinha linda e depois desse dorama, olha... socorroo! <3
~Alguém foi brincar de ser lindo e não parou mais!~ <3
Jo Jung Suk

E o inesquecível prota repórter de Jealousy Incarnate - o qual ainda trarei resenha futuramente! - também deu as caras neste dorama. O moço interpreta Yoo Jong Hoon, uma sereia, tritão, que saiu do oceano em busca de sua amada mas não conseguiu um bom fim para esse romance. 
O rapaz aconselha a Shim Chung em determinado ponto da trama e torna-se um amigo pra ela, e o jeito simplório e sincero dele foi, sem dúvidas, cativante.

Krystal - f(x)

Krystal também deu as caras no dorama, aquela participação bem especial que é tão rápida quanto o Flash da Liga da Justiça. Pra ser sincera, nem lembro direito da personagem dela só sei que o nome era Min Ji.

- Último episódio, fins dos personagens...

E The Legend of the Blue Sea me deixou totalmente SATISFEITA com seu último episódio, toda a proposta da trama foi cumprida e cada personagem teve seu devido fim. Confesso que fiquei meio receosa quanto ao final, principalmente no início do último episódio, porém, depois fui me acostumando com tudo que tinha acontecido e entendi o que significava tudo aquilo. É aquele final de kdrama que consegue te fazer sentir ao término dele que realmente valeu a pena ver cada segundinho de todos os 20 episódios, o que nem sempre acontece né?! Vão conferir sem medo!

- Finalizando: The Legend of the Blue Sea foi um dorama bom, não conseguiu me deixar mega surtada, entretanto, me divertia e relaxava semanalmente, era um verdadeiro prazer acompanhar estes personagens, e claro, conferir Lee Min Ho e Gianna Jun contracenando juntos. Temos fantasia, drama e muito romance, tudo bem dosado e o tema principal, o amor entre a sereia e um humano, foi bem explorado e contado. Como mencionei antes, achei que em determinado ponto da trama, o desenrolar da mesma parecia não sair e isso me deixou agoniada, porém, quando o enredo se desdobrou foi de vez, e isso me fez esquecer a chatice que foi a espera.
Foi o melhor dorama de 2016? Para mim, não. Mas tem seu enredo digno, atuações convincentes e grandes nomes da teledramaturgia coreana mostrando que são mais que rostinhos bonitos. Recomendo para quem ama tramas de romance com muita fantasia, pulinhos no passado a partir de flashbacks, e claro, para os fãs da diva Gianna Jun e do inesquecível presidente do clubinho dos F4, Lee Min Ho. Espero que tenham curtido a resenha pois a fiz com todo o carinho pra vocês, e perdoem a demora em postá-la, culpa da correria da vida vulgo faculdade. Até a próxima e pra finalizar meeesmo abaixo deixarei a OST com as faixas que mais curti ouvir no dorama. Confiram!

- OST

If Only - Sejeong - Que voz! *-*



You are My World - Yoon Mi Rae - Essa música é linda! <3



Fool - Ken (VIXX)



2 comentários

  1. ooi ^-^ surgi das trevas kk (sou doida assim mesmo) para dizer que a sua resenha está maravilhosa,serio, por causa dela eu fui assisti esse dorama, no qual eu ainda estava em duvida se era uma boa ideia assisti-lo ou não, mais eu me joguei de cara eu fui assistir e concordo plenamente com as suas palavras, o dorama em si não foi um dos melhores de 2016, mais foi bom em outras palavras, e queria dizer que foi a minha primeira experiencia assistindo dorama com o ator Lee Min Ho, e pode se dizer que eu gostei dele atuando nesse dorama, o personagem se encaixou nele kkk (eu acho) e tbm antes que você pergunte que é essa louca que comentou no seu blog kk gostaria de dizer que amei ler a sua resenha e do jeito engraçado que você fala do dorama e dos personhagens, bye ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa! :D
      Aaaawwnn, fico MEGA feliz em saber que tu gostou da resenha, sério, isso me incentiva a continuar escrevendo no blog. E fico mais feliz ainda em saber que te convenci a ir assistir esse dorama! Isso pra mim, é uma honra! ^^
      Se encaixou sim, e Lee Min Ho é uma graça, atua maravilhosamente bem, sou fã dele de carteirinha assinada! hahahah'
      Eu AMEI ler seu comentário, espero vê-la aqui novamente, Vanessa. Fico feliz por ter gostado do meu jeito de escrever e menina, se tu é louca, imagina eu... KKKKK' Volta sempre tá?! Beijão :*

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo