Menu

Circle [K-Drama]


Finalmente consegui tempo para fazer este post, e olha até eu estava ansiosa para comentar sobre este título, afinal Circle foi um dos meus surtos do ano. Motivos?? Enredo inteligente com grandes desdobramentos, um mistério instigante a ser resolvido e um convite para que você coloque a cabeça para funcionar e faça suas próprias teorias. Eu mesma fiz inúmeras, algumas acertei, outras errei feio, mas é vivendo e aprendendo né?! Fãs de ficção científica, lhes convido a embarcar nesta incrível história!!


Sinopse: Se passa no presente e no ano 2037. Quando visitantes alienígenas chegam no planeta Terra, os humanos aprendem novas habilidades deles e tomam vantagem disso, o que resulta em uma história sobre união, resistência e amor.
Gênero: Mistério, Ficção Científica, Drama, Investigação
Nº de Episódios: 12
Ano: 2017
Onde Encontrar: Kingdom Fansubs (online/ download), DramaFever (online)

- Enredo: Dividido em 2017 e 2037...

A trama de Circle é ambientada em duas épocas completamente diferentes, os próprios episódios são divididos em duas partes, sempre começando com os acontecimentos do presente (2017) e posteriormente pulando para o futuro (2037). No início é meio confuso e desesperador porque sempre nas melhores partes, a trama pula para o futuro ou simplesmente acaba e confesso que isso me deixava agoniada. Aquele surto doramático bem louco, sabem como é né?! Para explicar melhor como é esta abordagem do enredo, dividirei a própria resenha nestes dois anos específicos, assim ficará mais fácil de vocês entenderem o que a trama de cada época aborda. Mas podem ficar tranquilos porque falarei apenas o essencial para que entendam o mínimo do enredo, sem spoilers que possam estragar a diversão de vocês.

- 2017: O surgimento de uma alienígena (?)

Em 2017, acompanhamos a história do estudante universitário Kim Woo Jin (Yeo Jin Goo), o qual é muito inteligente e possui uma complicada relação com o irmão no que diz respeito ao modo como vivem suas vidas. Quando pequenos, Woo Jin e seu irmão mais velho Kim Bum Gyun testemunharam junto com seu pai um evento inexplicável, o aparecimento de uma garota muito linda que surgira após uma luz forte brilhante aparecer nos céus. Aquele clichê de ficção científica alienígena né gente?! Alô Stranger Things! hahah' Então, após este evento, o pai dos meninos acolhe a moça alienígena (?) e passa a tratá-la como parte da família, então os meninos sem entender verdadeiramente a situação e sendo tão inocentes quanto qualquer outra criança, aceitam a mocinha como uma ~noona (irmã mais velha) chamando-a posteriormente de Byul. Porém, certo dia o pai dos garotos decide sair em uma viagem com a Byul, deixando os meninos sob cuidados da avó e desde então, os dois irmãos perdem contato com o pai e a  noona Byul.
Isso mudaria a vida dos dois de modo significativo. Woo Jin decidira ser ao máximo uma pessoa normal, esquecendo toda a loucura de ter conhecido uma alienígena quando criança, acreditando que isto era na verdade algo que sua mente infantil deixara de lembrança, algo fantasioso, resquício da infância, decidindo pensar que seu pai os abandonara. Por outro lado, Bum Gyun jamais esquecera os eventos daquela noite e os momentos que tivera com seu pai, passando a culpar a Byul por este afastamento da família. Então, Bum Gyun dedica sua vida a encontrar a alienígena que segundo ele, provavelmente está mantendo seu pai como prisioneiro, pois os alienígenas estão querendo invadir a Terra, todo aquela história que a gente sempre vê por aí... #InvasãoAlienígena
A situação começa a ficar complicada quando estudantes da universidade na qual Woo Jin estuda começam a cometer suicídio, ou pelo menos é o que se pensa inicialmente. Bum Gyun começa a investigar o caso por conta própria, o que irrita o Woo Jin e isto traz conflitos entre os irmãos. Até que, uma estudante da mesma universidade chamada Han Jung Yeon aparece chamando a atenção do Bum Gyun, fazendo-o crer que ela é a mesma garota de anos atrás, a Byul. A semelhança física é estranhamente notória e isso até confunde o Woo Jin mas ele tenta manter-se cético, tentando ter uma vida normal. Porém, seu irmão some de repente e o Woo Jin é obrigado a iniciar uma busca por conta própria, e inesperadamente, ele ganha a ajuda da Jung Yeon. A partir daí, os eventos contados vão formando a base sólida que traria a grande reviravolta do final da trama e nos faria entender completamente porque Circle sub intitula-se "Dois Mundos Conectados". E se vocês acham que tudo que mencionei aqui neste tópico é spoiler, podem ficar tranquilos, isto não é nem metade do que a trama traz...

- 2037: Cidade Comum & Cidade Inteligente

A outra parte do enredo é contada no ano de 2037, uma civilização desenvolvida que se subdividiu em duas cidades, a Cidade Comum, a qual ainda demonstra atrasos em relação à outra, longe de estar na mesma situação tecnológica e ambiental pois a cidade está envolvida em uma poeira fina, muito prejudicial à saúde. E  a Cidade Inteligente, a qual dispõe de um Sistema Estabilizador para manter a ordem e permitir a total segurança dos cidadãos, e justamente por causa desse sistema, não há violência na cidade.
Só pode entrar na Cidade Inteligente quem estiver com devida autorização ou quem comprou seu "passe de embarque", uma entrada para morar e circular livremente entre as duas cidades, o que nos leva ao fato de que estas pessoas precisariam ter um certo poder aquisitivo. Para nos mostrar essa realidade, seguimos o detetive Kim Joon Hyuk (Kim Kang Woo), o qual trabalha na Cidade Comum porém ao acontecer um ato de violência na Cidade Inteligente, ele decide que precisa investigar o caso.
Então, nosso protagonista de 2037 adentra na Cidade Inteligente e começa a descobrir como é a mesma e como funciona o Sistema Estabilizador, o sistema responsável por fazer com que não ocorra qualquer tipo de violência, nem mesmo roubo, agressão ou assassinato. Este sistema é considerado um grande avanço científico mas tem certos termos de uso que seriam facilmente temas de discussões filosóficas, científicas e sociais. Eu me peguei pensando se este tipo de sistema seria mesmo uma opção para erradicar a violência, e cheguei a uma conclusão bem concreta. Ao chegar na Cidade Inteligente, Joon Hyuk recebe a companhia e auxílio do Lee Ho Soo (Lee Ki Kwang), este rapaz é designado por superiores para ajudar o detetive na investigação bem como reportar à sede do sistema inteligente tudo que for descoberto no processo de investigação.
Assim, a trama em 2037 se desenvolve, de maneira até mais rápida do que no ano de 2017, nos mostrando como a Coreia do Sul foi dividida nestas duas cidades, como funciona o Sistema Estabilizador, bem como seus prós e contras. Além de que, à medida que os dois Joon Hyuk e Ho Soo investigam a situação vão descobrindo algo muito maior escondido por trás desta criação, bem como, o telespectador começa a perceber que ambas as tramas desenvolvidas em dois tempos distintos são de vital importância uma para outra.

- Personagens

2017

Kim Woo Jin (Yeo Jin Goo)

Woo Jin é o nosso protagonista de 2017 e é ele quem tem destaque neste ano. O rapaz é um estudante universitário inteligente, responsável e autossuficiente. Inicialmente, Woo Jin já demonstra ser um rapaz sério que ao contrário de seu irmão mais velho, decidiu assumir a própria vida e esquecer do pai que para ele, os abandonara quando pequenos. Com relação ao que presenciou quando pequeno, Woo Jin pensa nos momentos em que teve com a Byul mais como uma fantasia de criança, como algum tipo de lembrança. Então quando seu irmão aparece dizendo tê-la encontrado, ter encontrado a alienígena que levara seu pai, o rapaz mesmo assustando-se com a semelhança entre as duas, prefere fingir que isto é apenas coincidência. Porém, seu irmão desaparece e ao lado da estudante Jung Yeon, ele começa uma investigação para descobrir o paradeiro do irmão e a partir daí, começa a descobrir uma série de segredos que certas pessoas escondiam.
Se é pra falar alguma característica marcante do personagem, cito a perseverança, afinal Woo Jin em busca de seu irmão manteve uma força incrível, seguindo em frente e buscando desesperadamente sua família. O moço não desistiu até o fim e em todo o momento demonstrou o quanto amava seu irmão mais velho, o Bum Gyun, até mesmo no final escolheu "se doar" em prol de quem amava, o que me comoveu bastante. Nem vou falar o quanto amo a atuação do Jin Goo, o rapaz é tão talentoso que nem parece ter apenas 19 aninhos, pelo contrário, atua como muitos de nossos veteranos e queridos atores e em Circle, ele deu mais um show de atuação! 

Han Jung Yeon (Gong Seung Yeon)

Jung Yeon é a presença feminina marcante da trama! A moça é filha de um professor da Universidade e uma aluna exemplar. Ao se tornar dupla do Woo Jin em um trabalho, acaba tornando-se mais próxima dele e consequentemente criando um laço de amizade, apesar de inicialmente estranhar algumas atitudes do rapaz em certos momentos... Com a atual condição da universidade, na qual alguns estudantes andam cometendo suicídio, quando o irmão do Woo Jin desaparece, ela decide ajudá-lo em solidariedade ao momento que ele está passando. Os dois tornam-se "detetives" e à medida que procuram o Bum Gyun, Jung Yeon enfrenta algumas dificuldades, e quem a ajuda é o Woo Jin. Não vou comentar muito porque esta personagem é sinônimo de surpresas... Hahah' Enfim, Seung Yeon me cativou muito neste papel e se antes eu não era muito fã da moça, agora é o contrário.
~P.S.: Seung Yeon ficou linda de gótica trevosa!~

Kim Bum Gyun (Ahn Woo Yeon)

Outro personagem que me cativou e muito foi este aqui! Bum Gyun é o irmão mais velho do Woo Jin e o responsável por ser o "maluquinho" da trama. Ao crescer acreditando ter convivido com uma alienígena, o rapaz não conseguiu diferenciar realidade de fantasia, chegando a assumir que alienígenas existiam e que um deles, a Byul, levara seu pai. Então, Bum Gyun decide procurar este alienígena para que possa encontrar seu pai e reunir a família novamente. Porém, o fato dele acreditar tão cegamente nesta história em que criou acabou trazendo certas consequências para sua vida e colocando-o em perigo. Se tudo que o Bum Gyun acreditava era verdade ou não vocês saberão quando assistirem o dorama, mas se tem uma coisa que é certa, é que o personagem acredita fielmente em suas crenças, sem se importar com a opinião alheia, algo até admirável, não é mesmo?! Quantas pessoas desistem de acreditar em algo por medo do que os outros irão pensar? Para o Bum Gyun não existe esta opção, ele acredita em suas fantasias e pouco liga para o mundo e o que falam dele. Acreditam que eu quase não reconheci o ator? Ele interpretou o irmão da Bong Soon em Strong Woman Do Bong Soon e eu só percebi tempos depois que era a mesma pessoa, sou lerdinha né?! Culpa dos óculos que ele usava, aposto! hahah'

- 2037

Kim Joon Hyuk (Kim Kang Woo)

Nosso detetive de 2017 foi outro personagem que me encantou! Vocês devem estar se perguntando "teve alguém que você não gostou neste drama?", eu respondo "Sim. Os vilões!" Então, quanto menos eu falar desse personagem melhor pois ele é quem nos trará grandes revelações à medida que for investigando determinado caso na Cidade Inteligente, o que posso adiantar é que Joon Hyuk é tão determinado quanto qualquer outro mencionado aqui anteriormente e mereceu muito todo o destaque que teve.
Além de que, esse detetive aqui era digno, buscando sempre encontrar a verdade e o melhor para os cidadãos da Cidade Inteligente, assumindo riscos, arriscando a própria vida, ele era maravilhoso! Fiquem de olho nele! O ator me conquistou demais com sua atuação, aliás todo o elenco de Circle arrasou na atuação, sério mesmo!

Lee Ho Soo (Lee Ki Kwang- HIGHLIGHT)

Se tem um serzinho que me surpreendeu enormemente, este foi o Ho Soo. Inicialmente parecia que o personagem estava ali um pouco "jogado" na trama, apenas para ser um auxílio na investigação do Joon Hyuk e um aspirante à dedo-duro para os seus superiores, porém, entretanto, todavia, ele foi uma maravilhosa surpresa. O Ho Soo se firmou como personagem, mostrou quem realmente era e o quanto poderia ser determinado em prol de uma causa para um bem maior, provando seu valor e que estava ali para ser um personagem adicional e não apenas figurante. Amei muito o quanto ele contribuiu e claro, a atuação emocionante do Ki Kwang, além de ser um bom cantor e dançarino, o rapaz mostrou mais uma vez quão bem atua.

Eu poderia também mencionar outros personagens muito significativos que surgiram no início ou apenas em determinado momento da trama, afinal em Circle ninguém, exatamente NINGUÉM está ali apenas para ser figurante, cada um tem sua função no início, meio ou final da trama.
Cada personagem contribuiu de forma memorável, trazendo alguma surpresa por determinada ação ou reviravolta fascinante em certo momento, então acreditem, todos os personagens merecem atenção! Para não deixar esta resenha maior do que já está, não mencionarei a fundo mais personagens, todos os que faltou comentar, vocês verão no dorama. Haha'

Final: REVIRAVOLTA FANTÁSTICA!

GALERA, O QUE FORAM AQUELES DOIS ÚLTIMOS EPISÓDIOS??! Eu quase INFARTEI de tanta emoção mas AMEI cada segundo. E sério, não consegui me conter, SURTEI HORRORES! O penúltimo episódio por si só nos leva ao momento X da trama, contando detalhadamente o ponto chave do enredo e sério, fiquei tão satisfeita com a forma como tudo se encaixou que queria dar um prêmio para esses roteiristas. E quando chegou no último episódio, pronto. A satisfação ultrapassou o limite e eu já estava totalmente encantada com a genialidade desses caras e admirando a perfeição que foi o principal plot twist da trama, bem como o resultado do mesmo. Olha, há tempos eu não berrava -literalmente- assim com um final doramático, foi tão genial, fantástico, incrível e perfeito que eu não soube lidar após o término. Estou MORRENDO DE SAUDADES deste enredo e sério se os boatos de segunda temporada se confirmarem, EU VOU TER UM TRECO! Agiliza aí tvN porque eu quero ter um treco! #QueroSegundaTemporadaDeCircle! É melhor eu parar por aqui antes que solte spoilers, mas por favor, vão mesmo ver Circle e se você é fã de ficção científica, este título é OBRIGATÓRIO na sua lista!!!

- Consideração à parte...

Não sei vocês mas eu amei a química natural entre o Jin Goo e a Seung Yeon, era notório que no enredo não tinha espaço para o desenvolvimento de um romance, eu sei, eu sei gente! Mas isso não me impediu de chegar a shippar, mesmo que pouco, os dois personagens, culpa do entrosamento dos atores.
Afinal ver ambos tornando-se próximos, aprendendo a confiar um no outro, se apoiando, dividindo as dificuldades,  e superando juntos certos momentos tristes, me emocionou. Quem sabe em uma próxima temporada, Woo Jin e Jung Yeon acabem desenvolvendo algo mais né?! E vocês shipparam estes dois também ou apenas eu fui diferentona e cheguei a cogitar como seria lindo vê-los juntos como casal?? Me digam aí nos comentários!!!
~Tão lindos juntos! *.*
- OST

A OST é legal mas a minha canção preferida foi esta aqui! Sempre que eu ouvir esta canção lembrarei imediatamente dos surtos semanais e dos berros que dei nos últimos dois episódios, cliquem aí e confiram este hino em forma de OST!

Alive - U Ji (BESTie) feat Andup


- Finalizando

Circle possui um enredo inteligente que consegue fisgar o telespectador e fazê-lo ter uns ataques de curiosidade, montar inúmeras teorias e surtar a cada término de episódio. A trama vai se encaixando de maneira inteligente e bem estruturada ao decorrer dos episódios, trazendo grandes surpresas e reviravoltas, chegou até mesmo ao ponto de Circle "bugar" o cérebro de quem o assistiu e tudo isto foi feito com maestria no quesito mistério e base em ficção científica. Além de que, somos presenteados com maravilhosas atuações, as quais só contribuíram para a qualidade notória do dorama! Se vocês ainda não viram, deveriam!! Espero que tenham curtido a resenha e claro, quem já viu o dorama comenta aí para trocarmos ideias e surtos, quem ainda não viu, tá esperando o quê?! Correee e vai ver!!! Até o próximo post! :*

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo